CIAO ITALIA!


Já algum tempo que especialmente ela sonhava com uma viagem ao coração de Itália. Eu já havia visitado Florença e Roma e tinha ficado apaixonado pela cultura, história e gastronomia Italiana. Como sempre falei bem do país o desejo dela em visitar o país foi crescendo cada vez mais. Planeámos por isso uma verdadeira aventura, uma daquelas aventuras de malas às costas e em constante movimento que passasse por alguns dos pontos mais importantes da Ligúria e Toscânia. Mas antes sequer que o nosso avião tocasse solo italiano fizemos uma escala de 12 horas em Paris. Bem cedo e de malas às costas partimos para o centro de Paris, pequeno-almoço junto à Catedral de Notre Dame, passeio junto ao Sena passando pelos jardins des Tuileries e finalmente um piquenique junto à Torre Eiffel. Sem dar por ela já tínhamos andado perto de 16km e o dia ainda estava a meio. Por isso voltámos ao aeroporto para então sim rumar a Génova e dar início à nossa aventura!

Please scroll down to English Version

Paris

deliciosas iguarias francesas | delicious french pastries

Confesso que não tínhamos planeado ver nada em Génova, no início dos nossos planos esta cidade era só o ponto de partida para a nossa aventura, o sítio onde iríamos alugar o carro e partir à aventura da Ligúria e Toscana! Contudo e como só podíamos levantar o carro à tarde demos-lhe uma oportunidade, arrancámos bem cedo, de mapa na mão, sem direcção mas com uma vontade imensa de nos começarmos a envolver na cultura italiana. À medida que descíamos as ruas começamos a apaixonar-nos. Ruas limpas, cheias de pessoas mas sem a confusão de turistas em excesso, e bem decoradas. Os chapéus-de-chuva tão característicos das ruas de Génova dão lhe um brilho especial, um charme muito próprio e permitem imagens lindíssimas, especialmente quando o sol brilha sobre elas.

Genoa

chapéus-de-chuva flutuantes nas ruas de Genova | floating umbrellas in the streets of Genoa

Depressa atravessámos a zona histórica da cidade e chegámos ao porto. Porto de onde diariamente saem navios cruzeiros que tal como nós procuram uma jornada de aventura! Do porto começamos a ver também as encostas da periferia da cidade repletas de típicas casas italianas que se debruçam sobre o mar na baía.

A hora de almoço começava a aproximar-se e com ela a vontade de finalmente mergulhar na gastronomia italiana, fugimos dos turistas e encontramos, escondido por entre as ruelas da zona histórica uma fantástica foccaceria! Antico Forno della Casana, mal chegámos fomos recebidos por dois enormes sorrisos e um cheiro maravilhoso a pão acabado de sair do forno! Esta é uma antiga padaria que foi renovada, todos os produtos parecem maravilhosos e tivemos a sorte de logo ali experimentar algumas das melhores focaccias que iríamos comer durante a nossa aventura.

Genoa - Fiori di Zucca

flor de courgette numa banca de legumes e frutas | zucchini flower in vegetable and fruit stand

Genoa - Antico Forno della Casana

deliciosas focaccias | delicious focaccias

Genoa - Antico Forno della Casana

especialidades de Génova | typical Genoese vegetable pies

Após uma manhã pelas ruas de Génova iniciámos uma outra aventura muito particular em Itália: conduzir pelas estradas italianas, de início custou um pouco a habituarmos-nos a um estilo diferente de condução (outros dirão mais agressivo, eu prefiro chamar-lhe diferente e muito peculiar). Após alguns quilómetros parámos junto a Santa Margherita Ligure a caminho de Portofino, uma aldeia piscatória na Riviera Italiana. Mais uma vez deixámos nos maravilhar pelas fantásticas paisagens, pela cor deslumbrante da água do mar e por um outro pecado italiano: o gelado! Parece que o próprio cenário que vamos vivendo vai dando ao que comemos um sabor especial!

Se também estiverem a pensar ir até Portofino, não se esquecem do fato de banho! Foi o nosso maior erro não o termos levado, a caminho de Portofino passámos por uma praia fantástica na Baia di Paraggi e valia a pena mergulhar naquelas águas!

Santa Margherita Ligure - Baia di Paraggi

as lindas vistas a caminho de Portofino | gorgeous views on the way to Portofino

Santa Margherita Ligure - Baia di Paraggi

as lindas vistas a caminho de Portofino | gorgeous views on the way to Portofino

Santa Margherita Ligure

as lindas vistas a caminho de Portofino | gorgeous views on the way to Portofino

Portofino

a entrar na área de Portofino | entering in the area of Portofino

Portofino

caminho pedestre para Portofino | pedestrian path to Portofino

Portofino

porto de Portofino | port of Portofino

Posto isto, voltámos ao nosso carro e às estradas italianas, cerca de 30 quilómetros depois, muitas buzinadelas, e muitas curvas e contra-curvas enquanto subíamos as montanhas, chegámos a Carro, uma pequena aldeia bem no alto de uma montanha longe de tudo e de toda a confusão dos centros turísticos. Jantámos num pacato restaurante típico italiano Locanda del Porcino, eu deliciei-me com uns gnocchi (já aqui vos tinha deixado a minha receita) e ela com uma pasta genovesa! No fim do jantar assistimos a um espectáculo só possível de ver a quem está num lugar tão remoto: pirilampos, literalmente milhares de pirilampos conduziram-nos por estradas sem luz desde o restaurante até à casa onde dormimos, uma imagem que vai com certeza ficar gravada na nossa memória.

Dia seguinte: já desejava este dia desde o início da viagem, ele nem tanto, acho que não sabia bem o que esperar do dia que nos aguardava. Bem cedo descemos novamente da montanha em direcção ao mar e a La Spezia para visitarmos a Cinque Terre, mais uma vez ele fartou-se de buzinar pelas estradas, acho que ao segundo dia de condução ele já se começa a integrar entre os italianos! Chegámos bem cedo a La Spezia, mas nem assim foi suficiente para conseguir estacionar perto do porto, por isso depois de uma caminhada de dois quilómetros chegámos então ao centro de La Spezia.

Tínhamos duas opções para chegar a Cinque Terre: barco ou comboio. Apesar de mais caro, preferimos partir de barco para a nossa viagem, e a verdade é que não nos arrependemos, a chegada de barco a cada uma das Terre é única, as maravilhosas escarpas esculpidas pelas casas que se aproximam mais e mais do mar, as cores únicas que vemos, tudo é de facto maravilhoso, valeu a pena a espera e ele também ficou encantado.

Cinque Terre - Riomaggiore

uma das encantadoras Cinque Terre | one of the beautiful Cinque Terre

Cinque Terre - Manarola

água turquesa em Manarola | beautiful turquoise water in Manarola

Cinque Terre - Manarola

uma das encantadoras Cinque Terre | one of the beautiful Cinque Terre

Desde o início que a Terre que mais me apaixonava era Manarola! E esta não desiludiu, desta vez não nos esquecemos do fato de banho e após visitarmos Manarola experimentámos finalmente um mergulho no Mar Mediterrâneo, de facto Manarola não é só um bonito postal, todo o ambiente que vivemos, os cheiros de comida que sentimos, e os mergulhos que demos transportam-nos para outra dimensão.

Seguimos depois até Vernazza e esta também não desiludiu, as focaccia e as lojas com produtos típicos encheram-nos as medidas! É tão bom a cada esquina poder descobrir uma nova coisa e viver uma nova experiência. Nesse momento, e após as previsões de chuva o sol brilhava, mas durante a viagem até Monterosso um diluvio abateu-se sobre a nossa travessia, para acalmar mal chegámos ao cais naquela que seria a nossa última Terre a visitar. De regresso ao barco parámos ainda em Portovenere, considerada a Sexta Terre, é igualmente um ponto de paragem obrigatório seja para banhos ou para visitar a pequena vila, nós aproveitámos para visitar o Castelo Doria que nos permitiu ter uma vista espectacular!

Nesta altura, já ele tinha saudades do seu carro e por isso fizemos-nos novamente à estrada em direcção a uma pequena localidade já em plena Toscana perto de Lucca: Molina di Quosa-rigoli! Bem mas a Toscana é outra aventura! Aguardem-nos que ainda temos muito para vos contar!

Continua...

Cinque Terre - Vernazza